ILHA DO MEL PRESERVE - O Portal da Ilha do Mel - Paraná - Brasil - www.ilhadomelpreserve.com.br - www.ilhadomelpreserve.com - www.ilhadomelpreserve.net.br - www.ilhadomelpreserve.net

Ilha do Mel - Hotel

Ilha do Mel - Pousadas

Ilha do Mel - Pousadas com Camping

Ilha do Mel - Campings

Ilha do Mel - Campings com Quartos

Ilha do Mel - Quartos

Ilha do Mel - Aluguel - Casas e Chalés

Ilha do Mel - Alimentação

Ilha do Mel - Lan Houses

Ilha do Mel - Lojas/Artesanato

Barcos - Travessia - Passeios

 Ilha do Superagüi - Hospedagem/Barcos/Agências de Viagem

Paranaguá - Hospedagem/Alimentação

Agências de Viagem

Vans - Curitiba > Ilha do Mel

Anuncie neste Portal

 

ILHA DO MEL PRESERVE

 

 

Neste Portal, você encontra:

PÁGINA INICIAL

TOUR VIRTUAL NA ILHA DO MEL

A ILHA DO MEL:

Geografia

História

Flora e Fauna

População e Economia

Religião

Localidades da Ilha

Meio Ambiente

As 4 Estações

TURISMO NA ILHA DO MEL:

As Praias

  Trilhas e Caminhadas

Distâncias

Passeios de Barco

Pontos Turísticos

Marés

CULTURA E LAZER NA ILHA DO MEL:

Eventos

Aproveite...

Educação

Folclore

Esportes

Surf

Comunidade

As Músicas

O LITORAL DO PARANÁ:

Antonina

Guaraqueçaba

Guaratuba

Matinhos  e Caiobá

Morretes

Paranaguá

Pontal do Paraná

Ilha do Superagüi

NOVIDADES:

Vídeos da Ilha do Mel

Painel de Fotos

Ilha Ao Vivo- Webcam

Notícias

Desenhos do Caco

CD's do Nego Blue

COMO CHEGAR À ILHA DO MEL:

Indo prá Ilha

Voltando da Ilha

Super Dicas

Horários e Preços

HOSPEDAGEM, ALIMENTAÇÃO, COMÉRCIO E SERVIÇOS:

ILHA DO MEL - HOTEL

Hotel Ilha do Mel

ILHA DO MEL - POUSADAS

Alternativa

Astral da Ilha

 Cair do Sol

Canto da Galheta

Canto da Vó

Caraguatá

Coração da Ilha

Da Ilha

 Dona Clara

Dona Quinota

Encantadas

 Farol das Estrelas

Favo de Mel

Fim da Trilha

 Girassol

Ilha do Mel

Ilha do Mel Surf Hostel

Kainoa

La Barca

Maresia

Nascer do Sol

 Nova Brasília

Pôr-do-Sol

Porto Escondido

Raíssa

Recanto da Fortaleza

 Renascer

Sobre as Ondas

 Sol e Mar - Farol

 Sol e Mar - N.Brasília

Trilha Bela

 Trilha do Sol

Villa Verde

ILHA DO MEL - POUSADAS C/ CAMPING

Quatro Estações

Recanto Nativo

 Rhaiana

Sossegos

ILHA DO MEL - CAMPINGS

 Arione

 Billymar

Labirintus Vó Maria

 N. Sra. Navegantes

 Verde Mel

ILHA DO MEL - CAMPINGS C/ QUARTOS

 Aloha

Parada Obrigatória

Pequeno Príncipe

ILHA DO MEL - QUARTOS

Bom Abrigo

ILHA DO MEL - ALUGUEL - CASAS E CHALÉS

Andrei - Casa

Canto Verde - Chalés

Casadumel - Casa

Léia - Casas

Leocádio - Casa

Lilian - Casa

Odair (Bomba) - Casa

ILHA DO MEL - ALIMENTAÇÃO

Restaurante Ilha do Mel

Salgados Dona Maria

ILHA DO MEL - LAN HOUSES

Island OnLine

ILHA DO MEL - LOJAS-ARTESANATO

 Lojinha da Ilha

BARCOS - TRAVESSIA - PASSEIOS

ATM - Excursões Marítimas

Transporte Marítimo Camarões

Barca da Ilha - Turismo Náutico

Transportes Marítimos Nhacundá

Cotranauta - 18 embarcações

GUARAQUEÇABA - HOSPEDAGEM-ECOTURISMO

 Cormorano Ecoturismo

PARANAGUÁ - HOSPEDAGEM-ALIMENTAÇÃO

 Alceu Bebidas

 Pousada Itiberê

ILHA DO SUPERAGÜI - HOSPEDAGEM

Hostel Superagüi Pousada

AGÊNCIAS DE VIAGEM

EcológicaTur

Ilha do Mel Adventure

VANS - CURITIBA > ILHA

Fest Van Transportes

Anuncie Neste Portal

INTERATIVIDADE:

Orkut - Comunidades da Ilha

Links

Blog da Ilha do Mel

Mapa do Site

Fale Conosco

Créditos

ILHA DO MEL NO FACEBOOK:

@ILHADOMEL NO TWITTER:

PREVISÃO DO TEMPO PARA A ILHA DO MEL:

ONDAS NAS PRAIAS DA

ILHA DO MEL:

CRACK, NEM PENSAR.

 

Meio Ambiente na

Ilha do Mel - PR - Brasil

 

Uma das mais belas riquezas naturais:

 Na Ilha do Mel, belo refúgio para alguns dias de descanso, a natureza é o maior espetáculo, fornecendo praias maravilhosas e passeios repletos de aventuras, proporcionando momentos de verdadeira magia aos visitantes.

 Patrimônio Artístico e Histórico do Paraná, Estação Ecológica, Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade, a Ilha tem mais de 90% de sua área total como área de preservação ambiental, o que garante o ar primitivo e natural do local.

 

 São 2.585 hectares de área composta por sistemas de restinga e Floresta Atlântica protegidas e destinadas exclusivamente à preservação integral da flora e da fauna, de um total de 2.762 hectares (35 km de perímetro).

 Sua Estação Ecológica com 2.240 hectares, tem o objetivo de preservar o meio-ambiente e é vedada a entrada de pessoas não autorizadas.

 Na Reserva Natural, com 345 hectares, é admitida a existência de trilhas, desde que não afetem a paisagem.

 Já, a Zona de Ocupação tem 120 hectares.

 

   

Dicas

 

Cuidados básicos na Ilha do Mel:

 ·                               A manutenção e proteção da Ilha do Mel dependem diretamente dos visitantes e do uso dos recursos naturais, paisagísticos, históricos e culturais;

 ·                               Da Ilha do Mel só se tiram fotografias, só se deixam pegadas e só se mata tempo;

 ·                               Acampe somente em áreas permitidas (campings);

 ·                               Não abandone coisas que o ciclo natural encontra dificuldades em absorver como latas, plásticos ou vidros;

 ·                               Não deixe lixo pelo caminho. Traga sempre sacos de lixo, levando-os, de preferência, de volta ao continente;

 ·                               Se possível, colete o lixo encontrado. Embora não seja você quem jogou o lixo ali, contribuirá com a limpeza do local, dando um bom exemplo; 

·                               É proibido fazer fogueiras na Ilha do Mel. O tipo de vegetação favorece a rápida propagação do fogo;

 ·                               Não piche, nem risque pedras, árvores e monumentos;

 ·                               Plantas, flores e animais convivem harmoniosamente conosco. Evite a coleta e danos. Não moleste a fauna e a flora;

 

 ·       Se alguém oferecer animais silvestres, orquídeas, palmito ou xaxim, não compre!!!

 ·                               Não traga animais de estimação para a Ilha, principalmente cachorros. Eles costumam perseguir os animais nativos e contribuem para contaminar a areia, principalmente com o indesejável “bicho geográfico”. A Portaria n.º 262/98, do Instituto Ambiental do Paraná, proíbe a entrada de animais domésticos na Ilha do Mel;

 ·                               Pense que um recanto como este, merece nosso carinho como a melhor forma de demonstrarmos nosso amor e respeito pela natureza. Agindo assim, a Ilha do Mel estará a nossa disposição sempre que quisermos, limpa e preservada, com tudo aquilo que procuramos para o nosso lazer.

 

   

Ao sair para um passeio...

 ·                               Use: roupas largas, resistentes e confortáveis; boné ou viseira, óculos de sol e um bom protetor solar para proteger o rosto da radiação solar;

·                               Leve: apenas o essencial, incluindo água e sacos de lixo;

·                               Se-pa-re: garrafas, latas, embalagens;

·                               Traga de volta: todo o lixo que produzir;

·                               Consuma: alimentos leves e energéticos; evite o consumo de bebidas alcoólicas;

·                               Não se exceda nos exercícios físicos: O importante é ter um bom divertimento;

·                               Respeite as plantas: não leve mudas para casa;

·                               Não abra trilhas, nem clareiras: elas podem acelerar a erosão e a degradação ambiental. Deixe o local como você o encontrou – limpo e intacto;

·                               Tome cuidado: com fósforos, fogueiras, velas e cigarros acesos;

·                               Nas passagens sobre pedras, evite superfícies úmidas, onde escorrega-se facilmente.

   

O Lixo na Ilha do Mel

 

O que é lixo?

 Nós costumamos chamar de lixo, tudo aquilo que é resto, que é considerado inútil, indesejável ou descartável e pode ser jogado fora. Por exemplo, embalagens vazias, garrafas usadas, restos de comida, papel usado, pontas de cigarro, e tudo mais que você conseguir imaginar.

 O lixo pode ser classificado como lixo orgânico (restos animais e vegetais) e não orgânico (lixo reciclável).

 Os materiais mais comuns encontrados no lixo das casas e no comércio são:

 ·                               Lixo seco - reciclável - não orgânico:

- Vidros: garrafas, copos, lâmpadas, vidros de conserva, vidros quebrados (cacos);

- Papéis: jornais, revistas, caixas, cadernos, embalagens de papelão;

- Metais: tubos de creme dental, tampas de garrafas, pregos, papel alumínio, latas de cerveja e refrigerante em alumínio, latas de bebida em metal ferroso, latas de conserva, de óleo, de leite em pó;

- Plásticos: sacos, embalagens, potes, recipientes de água, embalagens pet;

- Sobras: tecido, sarrafos, isopor, borrachas, couro.

 ·                               Lixo orgânico: Deve ser enterrado. Os restos de cozinha podem ser utilizados como adubo.

- Restos de Cozinha: cascas de frutas, verduras, legumes, ovos, erva-mate, restos de comida, alimentos em geral;

- Papel: higiênico, guardanapos, lenços de papel, absorventes, fraldas descartáveis;

- Outros: tocos de cigarros e cinzas, pó de limpeza caseira, esponja de aço.

 ·                               Lixo tóxico: Deve ser acondicionado em sacos separados.

Remédios, tintas, solventes, pilhas, venenos, baterias e outros resíduos perigosos.

   

O lixo reciclável da Ilha do Mel:

 ·                               49% vidro

·                               23% metal

·                               11% plástico

·                               10% papel

·                               7% outros (utensílios domésticos, velhos ou enferrujados, borracha, tecido, madeira, etc.).

 

O que acontece com o lixo?

 Qualquer lixo que você produz, leva um certo tempo para ser consumido pela natureza.

 

 Cada pessoa é responsável por recolher o seu próprio lixo (e de sua casa), em locais adequados como cestos, lixeiras e sacos plásticos.

 O serviço público de limpeza é responsável pela coleta e transporte do lixo até um local onde ele não cause danos à saúde pública e ao meio-ambiente.

   

O que acontece com o lixo na Ilha?

 Na temporada de verão, chegam à Ilha, uma média de duas à cinco mil pessoas por dia, que durante a sua estada costumam fazer piqueniques, deixando espalhados garrafas, vidros, plásticos, latas, embalagens, comida, papéis, etc., fazendo o lixo ficar acumulado por todos os lados.

 Se considerarmos que cada pessoa produz 500 gramas de resíduos por dia, em um mês são gerados 30.000 kg de dejetos, fator mais que preocupante para um paraíso ecológico como a Ilha do Mel.

 Na Ilha do Mel não existem áreas adequadas e nem em condições para dar um destino adequado aos dejetos, porque o lençol freático (águas subterrâneas) é muito próximo da superfície e o risco de contaminação é muito grande.

 Além disso, a maior parte da Ilha é Estação Ecológica e Área de Preservação Ambiental, impossibilitando a implantação de aterro sanitário.

 Portanto, todo o lixo produzido e acumulado na Ilha do Mel, se não puder ser reaproveitado ou reciclado, deve ser levado de barco até o continente, para que possa seguir para os aterros da Prefeitura de Paranaguá.

  Por não haverem ruas e serem proibidos os veículos automotores, a coleta de lixo é feita com carrinhos puxados manualmente.

 Portanto, o trabalho de coleta de lixo é lento e difícil.

 Além disto, as distâncias percorridas são longas, considerando que muitos campings e residências, se encontram em áreas de difícil acesso.

 Para facilitar o trabalho do pessoal da Coleta Seletiva, é preciso que todos colaborem, enterrando o lixo orgânico (ou fazendo compostagem), e separando o reciclável, evitando enterrar o lixo misturado, jogar tudo no meio do mato ou simplesmente jogar tudo em volta de onde se está.

 

 Enterrar o lixo orgânico é uma boa prática pois, além de adubar a terra dos quintais, evita a exposição do lixo, a criação do mau cheiro e a proliferação de aranhas, moscas, mosquitos, baratas e roedores, que encontram no lixo exposto, o ambiente ideal para seu desenvolvimento.

   

O problema do lixo na Ilha do Mel:

 O lixo sempre representou um problema ambiental na Ilha do Mel.

 O lixo deixado durante anos pelos turistas e moradores, devido à falta de infra-estrutura adequada, foi se acumulando de tal forma que acabou por tornar-se um sério problema, cujas conseqüências estavam, pouco a pouco, comprometendo o meio-ambiente, a paisagem e, principalmente, a saúde da população local.

 Até aproximadamente 1980, todo o lixo da Ilha era enterrado, não havendo coleta seletiva do mesmo.

 Em locais mais habitados, não havia mais espaço para ser enterrado, levando os moradores a jogar e enterrar o lixo em outros locais mais isolados.

 Porém, com o passar do tempo, estes depósitos foram sendo desenterrados pela ação da erosão do mar e era possível observar em alguns locais, a presença de latas, garrafas e plásticos “aflorando” e espalhando-se ao longo das praias, causando impacto visual e ambiental.

 Por volta de 82/83, começam a haver iniciativas no sentido de realizar a separação do lixo.

 Alguns programas para coleta seletiva e aproveitamento do lixo reciclável foram iniciados pelo Estado, porém faltava infra-estrutura para viabilizar a coleta e transporte do lixo, principalmente na época de verão, quando existe um grande acúmulo.

 Em 1990, foi estabelecido um convênio entre a Associação dos Nativos (Praia Grande à Ponta Oeste) e a Prefeitura de Paranaguá, para melhorar o sistema de coleta de lixo, onde os funcionários recolhiam o lixo reciclável, que era separado e armazenado num depósito localizado em Nova Brasília.

 De lá, o lixo era levado uma vez por mês, de barco, para Paranaguá, onde era vendido.

 O dinheiro arrecadado era utilizado para ajudar a pagar os coletores e o barco que transportava o lixo.

 Em 1998, são inaugurados novos barracões de separação para o lixo reciclável.

 Além disso, a Ilha já conta com um barco específico para o trabalho do transporte do lixo.

 Espera-se que com a ajuda da população e dos visitantes, seja possível assegurar uma destinação correta ao lixo, preservando a saúde pública e o ambiente da Ilha do Mel.

 

 

 


Aplicativo "Ilha do Mel - Paraná - Brasil", para Tablets e Smartphones:

Baixe já o App “Ilha do Mel – Paraná – Brasil”, para Android > na Play Store (Google Play)

para outras plataformas  (IOS/Apple, Firefox, Windows) > em http://applink.com.br/ilhadomel

ou use um Leitor QR Code >
 

VENHA PARA A ILHA DO MEL, NO LITORAL DO PARANÁ!

Tudo o que você precisa saber para ir e voltar da Ilha do Mel:

 

Indo Prá Ilha

Voltando da Ilha

Superdicas

Horários e Preços

Hospedagem e Alimentação na Ilha do Mel (com fotos, informações, mapa de acesso, telefones e e-mail):

 

NOTÍCIAS DA ILHA DO MEL!

Cadastre-se e receba notícias da Ilha do Mel em seu e-mail!

 

Nome:

Cidade: Estado: País:

e-mail:

 

    

ILHA DO MEL PRESERVE - O Portal da Ilha do Mel - Paraná - Brasil:

www.ilhadomelpreserve.com.br          www.ilhadomelpreserve.com

www.ilhadomelpreserve.net.br          www.ilhadomelpreserve.net

www.ilhadomelpreserve.eco.br

Aplicativo "ILHA DO MEL - Paraná - Brasil" para Tablets e Smartphones:

http://applink.com.br/ilhadomel

Blog da ILHA DO MEL:

www.ilhadomel-preserve.blogspot.com

Canal de Vídeos da ILHA DO MEL no Youtube:

www.youtube.com/ilhadomelpreserve

ILHA DO MEL no Orkut:

www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=1949314761306328553

#ILHADOMEL no Twitter:

@ILHADOMEL

ILHA DO MEL no Facebook:

www.facebook.com/ilhadomel